Pin It button on image hover

19 fevereiro, 2015

4° Sanduweek - By Electrolux

Electrolux apresenta o festival paulistano onde a estrela é o sanduíche, entre os dias 20/02 e 08/03

A 4ª edição do Sanduweek acontece entre os dias 20 de fevereiro de 08 de março com novas casas no roteiro gastronômico, aulas que ensinam receitas criativas de sanduíche e duas edições especiais da Feirinha Gastronômica. No total, são  41 restaurantes, bares e lanchonetes terão em seus menus duas novas opções de lanches, divididas em duas categorias: Street Food, onde os sanduíches tem o preço fixo de R$ 15, e Freestyle, com os preços livres, variando de R$ 11,80 a R$ 46. O festival é apresentado pela Electrolux e tem o apoio da Mostarda Dijon Maille e das águas Perrier.


Big Kahuna Burguer - Sanduba Hot Rod

No grande roteiro gastronômico, estreiam casas como o bar Riviera, do chef Alex Atala e do empresário Facundo Guerra, com os sanduíches Peppa, feito com costela de porco desfiada com tomate e servida na baguete (R$ 15) e Máfia, hambúrguer de fraldinha com queijo gorgonzola, shiitake e cebola roxa (R$ 29) e o Via Emília Piadineria, eleito o melhor sanduíche de São Paulo, que preparou duas versões das suas famosas piadinas : Villanova, recheada com pernil assado e vinagrete (R$ 15) e San Marino, recheada com salmão gravlax, molho de mostarda e alface romana (R$ 36). O Soundtrackers Café, outra novidade do festival, estará com os sandubas Aladin, que leva kibe de fraldinha no pão sírio, maionese de hortelã, acompanhado de onion rings (R$ 15), e o Dolce Vita, feito com abobrinha, berinjela e tomate grelhados, molho pesto com nozes parmesão e manjericão, muçarela de búfala na ciabatta tostada (R$ 23). Além deles, estreiam casas como Holy Burger, Tigre Cego, Cervejaria 3B (Les 3 brasseurs), Feed Food, Belga Corner, Antonietta Empório e Restaurante, Metrópole Restobar, entre outros.

BraDo - Sanduba Wrap Thai

Já na lista dos veteranos, figuram nomes como o bar Pier 8, que criou os lanches Arena Pier, com costelinha suína assada na cachaça e melado de cana, queijo, pimentão grelhado, cebola caramelizada na cerveja e servido no pão francês, acompanhado do molho de limão cravo e ervas (R$ 15) e ¡Venga!, com uma baguete levemente tostada, tomate ralado, camarões temperados na maionese de azeite de oliva e mostarda Dijon Maille, linguiça espanhola crocante e rúcula com limão siciliano (R$ 28). O Na Mata Café preparou o Meatballs, sanduíche com almondegas, mini brioche, com molho de mostarda e cebolas caramelizadas (R$ 15) e o Trilha Na Mata, com frango grelhado servido na baguete, com alface americana, molho caesar e queijo parmesão (R$ 36). A boulangerie Santo Pão preparou a Piadina de Tapioca Caprese, com uma massa de tapioca, queijo branco zero lactose, rodelas de tomate, pesto de rúcula, rodelas de azeitona preta e folhas de manjericão, acompanhada de salada de batata-doce e mostarda Dijon Maille (R$ 15), e o Pulled Pork Santo Pão, feito com paleta suína desfiada e marinada no molho barbecue, coleslaw da casa (mix de repolho e cenoura agridoce) servida no pão artesanal de hambúrguer, também acompanhada com salada de batata-doce e mostarda Dijon Maille.

BrownSugar - Sanduba Crispy Chicken

Electrolux Sanduweek Class:
Nos dias 26 e 27/02 (das 19h às 21h30), 28/02 (das 12h às 15h e 17h às 20h), 05 e 06/03 (das 19h às 21h30) e 07/03 (das 12h às 15h e 17h às 20h), o idealizador e organizador do festival, Cláudio Baran, ministrará aulas práticas com degustação de dois tipos de sanduíches. As aulas (R$ 60 cada) acontecerão na Casa Electrolux, localizada na Rua Colômbia, 157, e estão à venda no site www.foodpass.com.br.

Pier 8 - Sanduba Arena Pier

Feirinhas Gastronômicas:
Duas edições da feirinha gastronômica serão totalmente dedicadas aos sanduíches. Nos dias 25 de fevereiro e 04 de março (das 12h às 22h), o Butantan Food Park (rua Agostinho Cantu, 47, Butantã) receberá diversos chefs, restaurantes, bares e hamburguerias para venderem sanduíches a partir de R$ 15.

Para ver as fotos de todos os Sandubeiros participantes, clique AQUI!


Agenda do festival:
20/fev  - Sexta - Início do festival nos restaurantes participantes
25/fev – Quarta – Feirinha Gastronômica – Butantan Food Park
26/fev – Quinta – Electrolux Sanduweek Class – Casa Electrolux
27/fev – Sexta – Electrolux Sanduweek Class – Casa Electrolux
28/fev – Sábado – Electrolux Sanduweek Class – Casa Electrolux
04/mar – Quarta – Feirinha Gastronômica – Butantan Food Park
05/mar – Quinta – Electrolux Sanduweek Class – Casa Electrolux
06/mar– Sexta – Electrolux Sanduweek Class – Casa Electrolux
07/mar – Sábado – Electrolux Sanduweek Class – Casa Electrolux
08/mar – Domingo – Término do Festival

Sanduweek
20/02 a 08/03
#sanduweek
#vamossandubar

Quem vai perder essa?

Carolina Andrade

12 fevereiro, 2015

Quiche Integral de Palmito

Se eu fosse parisiense, não teria problemas com a manteiga pois amo demais a bicha!!

E se tem uma receita que adoro fazer com a bicha é Quiche.

Dia desses me deu uma vontade alucinógena de comer Quiche mas a dieta estava atravessada no meu caminho. Logo, consegui uma alternativa "menos culpativa" (deletem os queijos, finja que eles não estão lá)!!!

Essa Massa Integral de Quiche fiz a olho, tendo como base todas as outras que faço e ficou muito boa, seca na medida certa e alivia um pouco o lado da farinha branca. 

O recheio foi com o que tinha de bom no dia e deu super certo, mas usem a criatividade de vocês e criem seu recheio perfeito!!

Olha só!


QUICHE INTEGRAL DE PALMITO


Ingredientes Massa:
220gr de farinha integral
220gr de farinha de trigo
230gr de manteiga gelada
100ml de água gelada
1 colher de chá de sal
1 clara

Faz Assim: Misture as farinhas e o sal. Adicione a manteiga em quadradinhos. Com a ponta dos dedos, faça uma farofa amassando bem. Vá juntando a água aos poucos até obter uma massa lisa e homogênea e que não grude nas mãos. Talvez você não utilize toda a água. Embrulhe a massa em plástico filme e leve a geladeira por 20 minutos. Após esse tempo, vá distribuindo a massa em pedaços sobre uma forma redonda de aro removível. Com as mãos, vá ajeitando a massa no fundo e nas laterais da forma, deixando bem uniforme. Faça furinhos em toda massa com um garfo. Bata a clara com um garfo, só pra dar uma misturadinha e com um pincel culinário, pincele toda a massa, no fundo e nas laterais. Leve pré-assar por 10 minutos em forno pré-aquecido a 200°C. Retire e reserve.

Ingredientes Recheio:
1 vidro de palmito picados
1 cebola em cubinhos
2 tomates sem semente em cubinhos
1 cenoura grande ralada
Sal e Pimenta do reino a gosto
Salsinha picada a gosto

Creme:
1 xícara de leite desnatado
1 colher de sopa de amido de milho
5 ovos + a gema da clara que você usou na massa
4 caixinhas de creme de leite UHT
100gr de queijo gruyère
100gr de queijo parmesão ralado grosso
sal, pimenta do reino e nós moscada a gosto.

Faz assim: Numa tigela, misture todos os ingredientes do creme (menos o parmesão ralado), os temperos a gosto e misture bem. Reserve. Numa panela, refogue a cebola em azeite. Junte a cenoura e o tomate e cozinhe por uns 3 minutos. Junte o palmito e tempere com o sal e a pimenta. Refogue por uns 5 minutos e desligue o fogo. Junte a salsinha e misture bem.

Montagem: Coloque o refogado de palmito sobre a massa da quiche. Despeje todo o creme sobre ele e polvilhe o parmesão ralado. Leve assar em forno pré-aquecido a 180°C por aproximadamente 50 minutos. Quando estiver douradinho está pronto!

Tire a Quiche do forno e deixe descansar por uns 10 minutos para que o recheio assente e não desmanche na hora do corte.



Porque pincelar a clara na massa crua?
- Quando pincelamos a clara na massa e levamos assar rapidamente em forno bem quente, essa clara vai "selar" a massa e evitar que o recheio a umedeça demais, deixando ela assar melhor depois de recheada.

Façam e me contem! Fica Mara!!

beijokas

Carol

05 fevereiro, 2015

Pão Doce Integral aos 4 Grãos

E ai pessoal!!

Gente, o pão integral tem aquele incomodo de na maioria das vezes, ser duro que nem pedra e seco. E isso se deve, muitas vezes, ao fato que insistirmos em faze-lo APENAS com a farinha integral. 

Mas é fato, é necessário a presença de pelo menos 1/3 na receita de farinha branca, ela faz toda a diferença no resultado final e é primordial para um pão macio e fofo.

Essa receita da Bela Gil tem as proporções perfeitas, resulta em um pão com casquinha crocante e interior macio, bem diferente de vários pães integrais que ja tentei fazer.

Agreguei a essa receita, algumas sementes, duas dela de suma importância e de alta funcionalidade ao nosso organismo, a Linhaça Dourada, fonte de fibras, ômega 3 e lignanas. Suas fibras auxiliam no emagrecimento, moderando o apetite, e regularizam o funcionamento do intestino. Também reduz o colesterol, prevenindo contra infartos e derrames, reduz sintomas de depressão e alivia os sintomas da TPM e da menopausa e a Semente de Girassol,  fonte de vitamina E, que atua como antioxidante protegendo contra o câncer e o envelhecimento precoce. Suas fibras e boas gorduras melhoram o funcionamento do intestino. Por ser fonte de proteínas, aumenta a sensação de saciedade, ajudando no processo de emagrecimento. Também auxiliam na redução do colesterol, previnem doenças do coração, diminuem os sintomas da menopausa e ainda garantem boa disposição e menos fadiga, devido a presença de vitaminas do complexo B.

É a terceira vez que faço essa receita e essa é daquelas curingas que você tem que ter sempre por perto pra fazer quando quiser.

Fiz pequenas adaptações mas fica a seu critério!

PÃO DOCE INTEGRAL 4 GRÃOS


1 pacotinho de fermento biológico seco 10g
2 copos de farinha integral
1 1/3 copo de água morna
1 colher de sopa de Mel Orgânico Mundo Verde Seleção

- Junte esses três ingredientes, misture bem e deixe descansando com a tigela coberta por 10 minutos.

Acrescente:

1 1/2 copo de farinha de trigo branca
1/3 de copo de óleo de coco
1 colher de café de sal
1 colher de sopa de gergelim branco
1 colher de sopa de semente de girassol Mundo Verde Seleção
1 colher de sopa de amaranto
1 colher de sopa de linhaça Dourada Mundo Verde Seleção

- Misture tudo muito bem e sove por alguns minutos. Se você tiver batedeira planetária, faça todo o processo nela, bem mais simples e rápido. Coloque a massa em forma de bolo inglês. cubra com um pano e deixe descansar em algum lugar quentinho e sem vento até dobrar de volume. Asse em forno pré-aquecido a 180°C por mais ou menos 35 minutos. 

 *Se você não quiser o pão doce, não coloque o mel.
* Você pode substituir o mel por adoçante culinário na mesma proporção
* Você pode substituir o óleo de coco por ghee (manteiga clarificada) ou manteiga normal.

As sementes de Linhaça e Girassol  e o Mel Orgânico são da Mundo Verde Seleção, produtos selecionados especialmente pra vocês com alto padrão de qualidade. Para maiores informações acesse o site: Mundo Verde




Testem essa receita e me contem suas impressões!

Beijinhos

Carolina

26 janeiro, 2015

Bolo de Fubá Funcional

Oie!!

Hoje trago pra vocês um belo bolo delicioso pra comer sem culpa!

O legal desse bolo de fubá é que ele não é tão seco como de costume e o gostinho do açúcar mascavo fica sensacional!!

Esse bolo é feito com a Farinha de Chia e Linhaça Dourada Orgânica da Vitalin Alimentos, que substitui muito bem a farinha branca com muita dignidade, além de ser a união de duas sementes poderosas no mesmo alimento!

Apesar da receita ser formulada pra não ter glúten nem lactose, se você pode com esses alimentos, adicione aos ingredientes  1 colher de sopa de manteiga e 3 de leite. Acho que fica mais fofinho.


Olha que delícia!

BOLO DE FUBÁ FUNCIONAL



3 colheres de Farinha de Chia e Linhaça Dourada Orgânica Vitalin
1 xícara de chá de açúcar mascavo
2 xícaras de fubá
3 ovos
1/2 xícara de óleo de coco
1 xícara de leite de coco
1 colher de sopa de fermento em pó
1 colher de sopa de erva-doce 

Como Faz: Bata todos os ingredientes no liquidificador menos o fermento e a erva doce. Assim que estiver bem batido, transfira a mistura para uma tigela e junte o fermento e a erva-doce. Coloque em forma de buraco no meio untada e enfarinhada com fubá e leve assar em forno pré-aquecido à 180°C por 35 minutos mais ou menos. 



O cheirinho que exala do forno é sensacional!! 

Para saber mais sobre a Vitalin Alimentos, acesse o site: Vitalin Alimentos

E se quiser comprar erva-doce de qualidade, turca, a verdadeira, é só entrar no site da Casa Encantada Empório!!

Fico por aqui hoje amorecos!

Beijinhos

Carol

22 janeiro, 2015

Falso Molho de Tomate - Com Beterraba e Cenoura

Oi gente!!

Dando sequência a minha nova vida, de refeições leves e naturais, hoje vim ensinar esse "falso molho" de tomate, feito com beterraba e cenoura, receitinha do livro da Bela Gil.

Explicação da Bela para o não uso contínuo do tomate: O Tomate pertence a família das solanáceas e contém substâncias tóxicas como a solanina, um alcaloide que, se consumido por longo prazo, pode promover inflamações e degeneração nas articulações em pessoas geneticamente suscetíveis a esses problemas.Na alimentação ayurvédica e na macrobiótica, o tomate é sempre descartado do dia a dia e o segredo para um molho super bacana é juntar o laranja da cenoura com o vermelho da beterraba e claro, o manjericão fresco, o ingrediente chave!!

Bom, eu adoro tomate mas é sempre bom ficarmos atentos a tudo que pode nos prejudicar de alguma maneira a longo prazo, e não custa nada dar uma maneirada né!! 

Esse molho fica bacanudo e super saboroso, Não espere sentir gosto de tomate, óbvio, abra sua mente para um sabor diferente porém, muito bom!

Faça o teste e comprove!!

MOLHO DE CENOURA, BETERRABA E MANJERICÃO



Ingredientes:

2 colheres de sopa de azeite de oliva
3 cenouras, descascadas e cortadas em pedaços médios
½ beterraba grande, descascada e cortada em pedaços médios
½ cebola picada
2 dentes de alho picado
1 colher de chá de vinagre de maçã ou de arroz
2 colheres de sopa shoyu
3 copos de água
1 colher de sobremesa de orégano seco
1 folha de louro
1 pitada de noz-moscada
2-3 colheres de chá sal marinho
½ xícara manjericão fresco picado + 1/4 de xícara para o final

Faz Assim: Aqueça o azeite em uma panela de fundo grosso em fogo médio. Adicione a cebola e o alho e cozinhe, mexendo de vez em quando, por 5 minutos, até que as cebolas fiquem translúcidas. Adicione a cenoura, a beterraba, a água, o orégano, a folha de louro, sal, manjericão e tampe a panela. Deixe ferver. Em seguida, abaixe o fogo e cozinhe por cerca de 30 minutos, até que os vegetais estejam bem macios. Bata a mistura com um misturador vertical ou um misturador habitual e ajuste o tempero se necessário. Adicione a outra metade do manjericão picado e leve ou fogo por mais 5 minutos e sirva. E claro, use com uma bela massa integral!!

Fácil, fácil meninas! Façam o teste e me contem! Eu curti de verdade!!

Beijokas

Carol