Pin It button on image hover

27 julho, 2014

Briganoura Cake - Já ouviu falar?

Quem ai gosta de bolo de cenoura com cobertura de chocolate?

E quem ai curte um bom e belo brigadeiro?

E já imaginou juntar os dois? O que será que daria?

E dessa junção, surgiu aqui em casa o BRIGANOURA CAKE! Um brigadeiro cremoso com recheio de bolo de cenoura, CRUZES!!!

Minha filha esses dias me mostrou uma foto no instagram dessa insanidade e imediatamente fui pra cozinha estudar como faria.

Só digo uma coisa, em 3 horas foi-se tudo. TUDO!!

Gente, fica um desbunde, com o brigadeiro bem cremoso e o bolo certo, é sucesso na certa! 

E como a foto fez um sucesso estrondoso no Facebook e vieram vários pedidos da receita, tai pra mulherda!

Olha que baba!

BRIGANOURA CAKE

1° Etapa - Faça 1/2 receita desse bolo de cenoura AQUI mas sem a cobertua, só o bolo. reserve

2° Etapa - Prepare o seu brigadeiro como de costume, em ponto de enrolar, porém, não tão duro. reserve

3° Etapa - Deixe os dois esfriarem bem.

Montagem

Corte o bolo de cenoura em pedaços eliminando as 4 bordinhas da assadeira, pra usar só o miolo. Mas elimine uma bordinha fina, não precisa tirar meio metro de bolo, é só pra dar uniformidade na massa das bolinhas. Esfarele com a mão esses pedaços de bolo e reserve.



Com essa massa esfarelada, pegue punhadinhos dela e faça bolinhas. Podem ser pequenas, médias ou grandes, depende do tamanho que você vai querer seus briganouras. Eu fiz médias. Não precisa colocar nada pra dar liga, como a massa desse bolo é bem úmida, a massa firma as bolinhas super fácil!


Pegue um tanto de brigadeiro com a colher, como se fosse enrolar. Faça a bolinha e amasse com a mão. Coloque uma bolinha do bolo de cenoura no meio e feche a bolinha de brigadeiro. Não esqueça de untar bem as mãos inteiras com manteiga. 


Passe as bolotas pelo chocolate granulado e ponha nas forminhas!


E está pronto seu Briganoura Cake! Difícil heim!! E olha, esconda porque se ficar a vista, você não consegue parar de comer. É uma passada pela bandeja e uma bolota na pança, cuidado!!





Meninas, façam. É muito bom. Vou fazer outros testes, com outras massas e outras coberturas. Mas essa é perfeita!!

E não esqueçam que o e-mail do blog mudou. Dúvidas e sugestões me escrevam!!

myflavorsblog@gmail.com

XoXo

Carolina

25 julho, 2014

Pão Australiano - Aussie Bread

Se tem um pão que eu amo de paixão é o australiano. Quando vou no Outback como mais pão que o prato principal, é muito amor!!

Nunca havia feito pão australiano e vivia procurando uma receita bacana porém, de fácil preparo. Sei que muita gente as vezes deixa de fazer tal receita por ter ingredientes complicados de achar ou por precisar de certo utensílio, e depois de longas buscas cai no blog Desafios Gastronômicos

A receita da Bia Freitag é bem simples de fazer e por ser minha primeira, o resultado foi melhor do que o esperado. O pão fica saboroso e bem macio. Como tinha umas forminhas de mini panetone dando sopa no meu armário resolvi usa-las. E olha, foi um charme a parte, só elogios!!

Olha que belezura!

PÃO AUSTRALIANO



Ingredientes:
  • 2 xícaras de farinha de trigo - 300gr
  • 2 xícaras de farinha de trigo integral - 300gr
  • 2 colheres de sopa  de cacau em pó - 25gr
  • 4 colheres de sopa de açúcar mascavo - 60gr
  • 1/4 de xícara de melaço ou mel - 100gr
  • 2 tabletes (30 gr) de fermento fresco ou 1 colher de sopa (rasa) de fermento biológico seco (10gr)
  • 1 1/2 colheres de sopa de manteiga ou margarina derretida - 30gr
  • 1 1/4 xícaras de água morna - 300ml
  • 1 pitada generosa de sal
  • fubá para polvilhar


Faz Assim: Dissolva o fermento em pó ou o fresco em metade da água morna e o açúcar mascavo. Misture bem até dissolver e reserve. Em outro bowl coloque todos os ingredientes secos (farinhas, cacau, sal). Faça um buraco no meio e junte o líquido do fermento, a manteiga (ou margarina) e o melaço (ou mel). Comece a misturar para incorporar (no caso de utilizar batedeira, use aqui a pá de gancho, própria para massas). Enquanto sova, vá juntando o restante da água morna aos poucos, até a massa começar a ficar homogênea (sem grudar). Sove por 5 minutos. Coloque em uma travessa, cubra com filme plástico e deixe em lugar protegido e quente para crescer a massa por 1 hora. Sove novamente e modele os pães a seu gosto. Polvilhe com o fubá e faça cortes na diagonal com uma faca. Arrume os pães em uma assadeira grande e deixe crescer por mais 1 hora. Aqueça o forno a 180 graus e asse os pães por uns 30 minutos. Deixe esfriar sobre uma grade.





Esse pão fica divinal! Mas eu, a pressa em pessoa, como estava ha muito tempo querendo fazer esse pão, tirei um pouco antes do tempo. Poderia ter ficado uns 10 minutinhos a mais. Mesmo assim acabou no mesmo dia, o povo aqui devorou!!

Se você quiser fazer a manteiguinha parecida com a do Outback é assim:
Para fazer a manteiga cremosa: bater a manteiga na batedeira (1 tablete de 200 gr, em pedaços), juntar 1/4 de xícara de água gelada e bater até aerar.

E nosso e-mail mudou! Agora para nos contactar, tirar dúvidas e pedir receitas escreva para 
myflavorsblog@gmail.com

Xoxo
Carol

21 julho, 2014

Doce de Banana Madura e Especiarias

Sabe quando você olha na sua fruteira e vê aquela penca de bananas já pretinhas, pretinhas e bem molenga??

Qual sua primeira ideia? Jogar fora?? Opa, claro que não!

A banana já extremamente madura não é bacana para grelhar nem fazer a milanesa pois fica muito, muito mole e as vezes quebra e nem fica redondinha.

Mas, nada que um belo docinho não resolva!

Sempre faço doce de bananas quando chegam a esse ponto (não sobra muito, mas as vezes acontece) mas faço sempre com açúcar normal. Dessa vez optei pelo mascavo e ficou show de bola.

Olha que fácil!!

DOCE DE BANANA MADURA E ESPECIARIAS


6 bananas nanicas super maduras (com a casca bem pretinha)
1 colher rasa de sopa de manteiga
1 colher de café de mel
1/2 xícara de açúcar mascavo
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de chá de cravo
1 colher de chá de cardamomo em pó
1 colher de café de essência de baunilha
50 ml de água

FAZ ASSIM: Corte as bananas em rodelas, o legal desse doce e ter os pedacinhos da banana no meio do doce. Numa frigideira antiaderente derreta a manteiga com o mel. Junte a banana e frite por uns 2 minutos. Junte todos os outros ingredientes, baixe o fogo e cozinhe até dar o ponto do doce. O meu levou uns 10 minutos, tem que ficar numa consistência grossa, porém cremoso e as bananas ainda em pedacinhos. Mas mexa sempre durante o processo pra não grudar na frigideira.


Olha lá heim, sem desculpas pra jogar as bananas fora agora! Vai bem no pãozinho francês, torradas e queijo branco. Ou puro mesmo, delícia de sobremesa! Experimente com sorvete de creme!!

E é isso amores, vou ficando por aqui hoje!

Beijinhos

Carolina

16 julho, 2014

O que não pode faltar na Cozinha de um Chef - Utensílios e Temperos básico


Hey amores!!

Ha TEMPOS queria muito escrever esse post! Desde que comecei minha vida nesse universo maravilhoso que é a cozinha, venho aprendendo a cada dia coisas novas, novos temperos, novos utensílios, o que temos que ter obrigatoriamente todos os dias e o que é supérfluo.
Na verdade esse assunto é um pouco difuso, porque de repente, o que pode ser de suma importância pra mim, pra outro cozinheiro possa vir a não ser. Portanto, essa aqui é a Cozinha da Carolina!

Mas procurei resumir aqui de forma simples e clara, em áreas separadas, os principais temperos, ervas, condimentos e utensílios pra você começar a se aventurar no universo gastronômico da melhor maneira possível e ter sempre em mãos aquilo que precisar.

A cozinha é um universo vasto, gigante pela própria natureza e seus lançamentos e novidades crescem a cada dia. Se ficarmos à espreita de tudo que é novidade para comprarmos, certeza que iremos a falência múltipla dos cartões rapidinho e olha, que pelo menos pra mim, produtos de cozinha é uma tentação do capiroto, é irresistível!! Falando em produtos irresistíveis, vai aqui algumas dicas de lojas MARAVILHOSAS pra você enlouquecer com coisinhas de cozinha. Vá com tempo e grana, claro:

DOURAL
Rua 25 de Março, 595 (Estação São Bento do Metrô)
Tem a online também: http://www.doural.com.br/
- Mas vale a pena a visita na loja da 25, ver os produtos de perto, é tudo muito lindo e maravilhoso. Ah, e não deixe de visitar o 2° andar, local das Le Creuset, Kitchenaids e afins, é pra morrer de infarto!!

SUXXAR
Rua Canário, 1277 - Moema
Tem a online também: http://www.suxxar.com.br/loja/default.asp
- Muita coisa boa, novidades e marcas importadas. Preço salgado mas as vezes rola umas promoções. Essa acho que vale mais online

PEPPER
Rua Leopoldo Couto de Magalhães Jr, 753 - Itaim Bibi (Tem no Shopping Villa Lobos tb!!)
Tem online: http://www.pepper.com.br/
- Essa já é batida da galera da área, também possui preço salgados mas a variedade é imensa e dificilmente você não encontra alguma coisa!

KITCHEN CARE
Só online: http://www.kitchencare.com.br/
- A Kitchen Care tem poucos anos no mercado mas ja conta com uma variedade gigantesca de produtos para cozinha com preços bacanas. Vale a pena a visita ao site da loja dar uma garimpada.

RUA PAULA SOUZA (Metrô Luz)
- Quem habita o universo gastronômico sabe que a rua Paula Souza é o point dos chefs. Rua especializada em lojas de utensílios, uniformes, moveis, tudo relacionado ao universo gastronômico. Frequentada tanto por donos de restaurantes como por chefs informais, tem de tudo e mais um pouco, dos valores mais baratos aos mais caros. La é visita obrigatória pra quem está entrando nesse mundo agora e dificilmente você sairá de lá sem alguma coisinha. Dica: Vá de metro, desça na estação Luz, ande a Paula Souza inteira vendo todas as suas lojas (veja dólmãs na Avental & Cia e não deixe de passar na Central do Sabor) e termine seu passeio lá no Mercadão, dia de diversão garantido!!

VESTIMENTAS

Quem cursa Gastronomia usa por obrigatoriedade a dolmã, uniforme de cozinheiro, normalmente branco mas que podem ser desde pretos a mega estampados. A maioria das cozinhas os tem por obrigação mas já vi muitas que seus funcionários não usam. Pra quem cozinha por hobby acho legal pra fazer uma presença, é super elegante e chama a atenção! Acho super válido ter uns no guarda-roupa pra cozinhar pra galera, é sucesso na certa!! 


Os aventais existem das mais variadas formas possíveis, cores e modelos. Pra mulherada que gosta é uma doideira pois queremos um de cada quando vemos nas lojas. É sempre bom ter um de cada modelo pra cada necessidade. Eu gosto dos sem peito pra apresentações, tanto os curtinhos como os compridos. Mas existem os de babados, fitas e afins que pra quem é perua e abalada como eu, é obrigatório ter!! 



As bandanas são um caso a parte. O famoso chapéu de Chef se chama toque mas particularmente eu não gosto. A mulherada é mais chegada numa faixa, turbante ou bandana mesmo. Modelos lindos é que não faltam. Tenha várias delas sempre por perto na cozinha, são essenciais e baratas. As faixas elásticas são as mais práticas!!


Nos pés como não podia deixar de ser, os famosos Crocs. Mas pra cozinha tem que ser o Crocs sem furinhos, os todo fechado, o chamado Crocs Bistro. Existem outras marcas no mercado mas eu vou de Crocs mesmo porque é o que mais gosto. Tenha um preto básico e um bem colorido, rosa ou vermelho pra fazer um charme!!Eu sei que tem gente que odeia Crocs, acha o cúmulo da breguice mas eu garanto que pra cozinha não ha coisa melhor!!



Não deixe de visitar a Fashion Chef, loja do ramo que tem MUITA coisa linda e diferente:
http://fashionchef.tanlup.com/page/22219/a-fashion-chef

Vestida como uma Chef??? Bora então pro seu novo mundo, sua nova casa, aquele lugar que, assim como eu, você vai querer passar horas e horas do seu dia criando e inventando. Mas, antes, vamos ver o que é que a baiana tem. O que é necessário para que uma boa cozinha funcione bem?

ELETROS

Além é claro da sua geladeira e seu fogão, temos alguns eletrodomésticos que são indispensáveis pra quem começa a cozinhar. Vou listar aqui os que acho que todos que cozinham devam ter pra facilitar suas vidas:

- Liquidificador
- Batedeira
- Processador
- Mixer


Com esses quatro já dá pra começar a brincar legal. O liquidificador não precisa ser do espaço, um simples porém potente ja garante bons resultados. Agora a batedeira eu já logo indicaria a compra de uma planetária. Temos várias marcas no mercado, mas se você puder e quiser arrasar a cara da sociedade, ja declare seu amor logo por uma Kitchenaid, a batedeira dos sonhos de toda cozinheira, vale a pena, principalmente se você tiver a oportunidade de alguém te trazer via EUA, onde é metade da metade da metade do preço. Pesquise!! O processador facilita muito a vida no quesito molhos, cremes, misturas e desfiar carnes. Acho um bom investimento e o mixer te garante uma mistura em poucas quantidades e rápida! Não listei o microondas pois acho que quase todos tem um em casa. Eu quase não uso, apenas pra aquecer coisas rapidamente. 

UTENSÍLIOS

A gama de utensílios é vasta demais. Você irá querer uma colher de cada cor, um pão duro de cada tamanho e por ai vai. Mas calma que o Brasil é nosso (e será HEXA!! UPDATE: não foi e não foi FEIO!!). Abaixo coloquei aqueles que realmente você não pode deixar de ter. O que vier a mais é lucro pra você e falência pro marido.


- Assadeira de alumínio retangular
- Assadeira de pizza
- Assadeira de alumínio redonda
- Assadeira de Tefal retangular
- Assadeira de alumínio redonda
- Forma de Tefal de bolo inglês
- Assadeira de fundo removível
- Assadeira de Tefal com furo no meio
- 1 assadeira para cupcakes ou muffins (aquelas que tem 6 cavidades, de Tefal)
- 1 tábua de corte pra carnes e salgados
- 1 tábua de corte para doces e afins
- 1 jogo de panelas de alumínio
- 1 jogo de panelas de Tefal
- 1 escorredor de massas
- 1 escorredor de arroz
- 1 escorredor de massa
- 1 peneira grande
- 1 peneira pequena
- 1 chaleira
- 1 leiteira
- 1 chapa
- 1 panela a vapor
- 1 jogo de facas BOAS
- 1 faca de pão
- 1 garfo de dentes longos para espetar carne
- 1 pinça de aluminio e 1 de silicone
- 1 pilão pequeno
- 1 rolo de macarrão médio de madeira
- 2 escumadeiras
- 1 espremedor de batatas
- 1 descascador de legumes
- 1 jogo de medidas de xícaras
- 1 jogo de medidas de colheres
- 1 jarra medidora gradual
- 1 balança de cozinha digital
- 1 abridor de latas
- 1 saca rolha
- 1 pincel de silicone
- 2 conchas
- 2 colheres grande
- 1 moedor de pimenta
- 1 tesoura
- Colheres de pau
- Colheres de silicone
- Colheres de acetato
- Espátulas de silicone
- 1 fouet médio e um pequeno ( os de metal são bem melhor)
- 1 ralador grande
- 1 ralador pequeno
- 1 mandoline (aquele instrumento de tortura que fatia legumes e dedos)
- 1 colher de sorvete
- Panos de prato
- Panos de copa
- Uma boa luva térmica (na verdade, eu não uso luvas, prefiro usar panos pra tirar coisas do forno)
- Apoio pra talher (pratinho comprido que fico do lado do fogão pra você colocar seus utensílios sujos e não sujar a pia!!)
- Muitas tigelinhas e potinhos lindos de todos os tamanhos, modelos, cores e materiais para seus mise an places!!!! Não economize nesses!!!
- Travessas e baixelas para servir



COMPLEMENTOS

Itens importantes que você acaba sempre precisando:

- Papel alumínio
- Papel manteiga
- Sacos de congelar
- Rolopack Filme
- Papel Toalha
- Fósforo
- Fita crepe
- Canetas (sim, tenha na cozinha)
- Bloquinho de anotações



TEMPEROS

Nem preciso dizer que tempero no mundo é que não falta. E aqui também o assunto fica um pouco pessoal porque cada um é cada um e o gosto é muito variável. Com certeza em casa de japoneses os temperos serão bem diferentes que numa casa de italianos. Mas como no mundo gastrônomico, nós cozinheiros somos globalizados, segue abaixo aqueles temperos que creio todos devam ter sempre em mãos.

- sal
- flor de sal (eu gosto de colocar a flor de sal em moedor de pimenta também e moer na hora!)
- ajisal (sal mais potente que o refinado, use com parcimônia)
- Pimenta do reino preta e branca (se possível, sempre compre em grãos e coloque no moedor, é muito mais saudável as pimentas do reino moídas na hora!!)
- Fermento químico
- Molho Shoyo
- Molho inglês
- Azeite
- Limão cravo, rosa, thaiti, siciliano (quase não uso vinagre, substituo sempre por limão)
- Mostarda
- Mel
- Páprica
- Cravo em pó e em pau
- Canela em pó e em pau
- Erva-doce
- Orégano
- Extrato de baunilha
- Alho
- Cebola
- Caldos em cubos (papinho de chef estrela que diz que não usa, usa e usa muito)
- Folhas de louro
- Salsinha, cebolinha e coentro (as ervas frescas são incríveis e temos que ter sempre em casa. Como eu uso muito e quando compramos um maço grande na feira elas não duram muito, eu faço o seguinte esquema: Pra usar elas frescas, compro vazinhos com as mudinhas, assim eles estão na terra e duram bem mais se cuidarmos direitinho. Os maços grandes que compro na feira, eu lavo bem, seco MUITO BEM, pico e congelo. Dessa maneira fica conservado, não vai estragar e tenho sempre em mãos. Claro que não é a mesma coisa que as ervas fresquinhas mas ajuda pra caramba a economizar tempo. 



EXTRAS

Existem coisas que não estragam com facilidade que uma hora ou outra quem vive inventando na cozinha acaba precisando e tem que sair correndo. Tenha sempre esses itens em casa, mesmo que em poucas quantidades!

- Fermento seco de pão (o fresco compre só se for usar, no dia)
- Açúcar mascavo
- Açúcar de confeiteiro
- Gelatina incolor


Considerações Finais

- Organize seus utensílios. Deixe sempre a mão os que você mais usa, guarde o que você usa esporadicamente e elimine toda bugiganga que só toma espaço. Uma cozinha limpa a e organizada deixa a tarefa de cozinhar fluir muito melhor.

- Verifique tudo antes, sempre. Leia a receita até o final, veja se tem todos os ingredientes em casa e se precisa comprar algo. Meça e separe tudo antes de começar. Pique, lave, corte, deixe tudo pronto. Isso evita surpresas e decepções durante a receita, rssss.

- Mantenha sempre sua área de trabalho limpa. Vá lavando o que ja usou, guardando os ingredientes e mantendo tudo em ordem. Isso faz o tempo andar mais rápido e você não se perde no meio do caminho.

E é isso gente, achei interessante esse post tanto pra quem está começando na gastronomia profissionalmente como só pra quem curte cozinhar ou mesmo as donas de casa que passam muito tempo em suas cozinhas!!

Se vocês tiverem alguma dúvida ou quiserem saber algo mais, ja sabem, só escrever:

cozinhaautoral@gmail.com

Beijinhos

Carolina

21 junho, 2014

Maltagliato ao Molho de Tomate e Paleta - Massa Caseira

Oi gatas e gatos!

Sumida né, eu sei, é o trabalho que não me larga, mas graças a Deus!!

E ha tempos estava com vontade de fazer una bella pasta in casa, acordei de madrugada hoje pensando nisso. E ao sair pra ir buscar pão, minha revista Casa e Comida estava na garagem, e qual não foi minha surpresa quando vi a capa: MACARRONADA!

Ahhh, era hoje mesmo o dia! Listinha de compras na mão, rumei ao mercado e coloquei a mão na massa.

Foi a primeira vez que usei sêmola pra fazer massa caseira, sempre fiz com farinha normal, mas olha, muito melhor a sêmola de grano duro!!

O Maltagliato é um tipo de corte rústico, que significa mal cortado, por isso a forma irregular.

Segue receita da massa padrão de sêmola de grano duro, com ela você faz todos os tipos de massa. E o molho de hoje foi um teste, de molho de tomate básico com carne, fica show!!

Andiamo in cucina per fare la pasta?

Dica: antes de começar a fazer a massa, já coloque o molho no fogo, pois ele demora 2 horas para ficar pronto! Dá tempo de fazer, descansar e cortar a massa!

Maltagliato ao Molho de Tomates e Paleta

Ingredientes para massa básica:

1kg de sêmola de grano duro
6 ovos
200ml de água filtrada
1 colher de café de sal
Farinha de trigo extra para manipulação

Faz assim: Coloque toda a sêmola numa superfície lisa (usei minha pia que é de granito) e faça um buraco no meio, como um "vulcão". Quebre nele os ovos e coloque a pitada de sal. Comece a misturar a massa com as mãos e vá adicionando a água aos poucos. Essa farinha de sêmola é mais grossinha e parece que vai ficar uma massa esfarelada a princípio, mas não se assuste, aos poucos ela vai tomando forma. E ah, ela é bem mais pesada de sovar que a com farinha normal. Misture até a massa estar com uma conscistência quase seca, porém maleável e firme. Sove por 15 minutos (haja braço e punho) e deixe-a descansando por mais 15 minutos, coberta com um pano seco. Reserve.




Ingredientes do Molho:

2 latas de tomates pelados
1 caixinha de purê de tomate
1 copo de água
800gr de tomates maduros sem pele e cortados em oito.
2 colheres de sopa de extrato de tomate
1 cebola roxa média em cubinhos
2 dentes de alho grande bem picados
1kg de paleta magra em cubos
1 colher de sopa rasa de açúcar
2 colheres de sopa de molho inglês
1 maço de manjerona
1 maço de majericão (lave bem, seque bem e tire todas as folhas. Reserve sem cortar.
sal a gosto
Pimenta do reino a gosto
Azeite para refogar


Faz assim: Numa panela de ferro coloque um bom tanto de azeite e refogue e cebola até dar uma murchada. Junte a carne e o alho e deixe pegar uma cor. Junte o molho inglês, a pimenta do reino e o extrato de tomate. Mexa por um minuto. Junte os tomates pelados, os tomates, o purê de tomate, a águe e coloque o maço de manjerona. Misture bem, abaixe o fogo e tampe a panela. Deixe cozinhando em fogo brando por 2 horas ou até que a carne esteja desmanchando (ele tem que ficar em ponto de desfiar fácil). Vá observando sempre o molho durante o tempo de cozimento, para que não pegue no fundo da panela e se necessário, acrescente água aos poucos. Quando estiver pronto, desligue o fogo e só junte as folhas de manjericão, quando a massa ja estiver pronta e for hora de servir.


Para tirar a pele do tomate:

Faça uma cruz na parte de baixo do tomate com uma faca, sem cortar profundamente


 Numa leiteira coloque água suficiente para cobrir o tomate e leve ferver. Assim que levantar fervura, abaixe o fogo e coloque o tomate, dois de cada vez e conte um minuto. Retire o tomate da água e a solte a pela com as mãos, fica fácil, fácil!


Massa:
Va trabalhando a massa por partes. Pegue uma bolinha de cada vez, polvilhe farinha e abra um pouco com o rolo. Se você tiver a máquina de fazer massa, melhor, você vai abrindo a massa até a espessura mais fina e para esse tipo de macarrão, você corta as tiras com uma faca mesmo, pois as tiras são irregulares. Caso você não tenha máquina de massa, abra a massa os poucos, no rolo mesmo, e depois corte as tiras com uma faca. Talvez fique um pouquinho mais grossa que na máquina mas ficará gostosa do mesmo jeito!! Polvilhe mais farinha sobre as tiras cortadas e vá colocando num varal para massas ou numa toalha polvilhada com farinha. Faça esse processo com toda a massa.






Ferva água numa panela larga e alta, conte sempre 5 litros de água para cada quilo de massa. Assim que a água ferver, coloque um pouco de óleo, um punhado de sal e a massa. Cozinhe até o macarrão estar al dente. Uns 7 minutos no meu caso. Escorra a massa, passa pela água fria da torneira para parar o cozimento e transfira para uma travessa. Regue com azeite e vá colocando o molho. Coloque algumas folhas de manjericão por cima e leve a mesa!


A massa fica divina, leve, um gostinho maravilhoso. O molho é sensacional, leve também e a carne junto da um toque todo especial. Sirva bem quentinho com um belo parmesão ralado. E eu fi uma saladinha de rúcula para acompanhar, ficou tudo de bom!!!


Bom, você não precisa necessariamente fazer esse molho e dar este corte massa. Faça o corte da sua preferência e outro molho se quiser!!

Espero que tenham gostado meninas!! Qualquer dúvida, já sabem:
cozinhaautoral@gmail.com

XoXo

Carolina